Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Paciente celebra melhora nos sintomas do Alzheimer
12/07/2021 11:39 em Novidades

Paciente celebra melhora nos sintomas do Alzheimer

Com Alzheimer, Dona Paulinha parou de ter perdas de memória e passou a se animar para o seu dia a dia, com o tratamento com o Óleo Esperança de Cannabis.

“Maconha é o melhor remédio do mundo”. Foi assim que Dona Paulinha, 82 anos, descreveu o seu tratamento atual, que proporcionou a retirada de todos os medicamentos alopáticos, que vinha usando sem resultados.

Sua filha, Rebeca Guimarães, contou que a melhora conquistada foi visível aos olhos, a partir do 20º dia de uso do Óleo Esperança, derivado da planta Cannabis, produzido pela Abrace. O uso foi iniciado em 2019 e, desde então, seu cotidiano e qualidade de vida mudaram completamente para melhor.

Dona Paulinha foi diagnostica com Alzheimer no grau entre intermediário e avançado, osteoporose com mais de 50% de perda óssea, várias doenças reumatológicas que geram dor crônica e ainda depressão.

“Minha mãe sempre dizia que doía do fio do cabelo até a unha do pé, então era essa a discrição que ela dizia para gente, e ninguém é capaz de sentir a dor do outro. Ela fez tratamento reumatológico durante muitos anos, além disso fez tratamento para depressão, sofria de depressão grave e recorrente, uma ansiedade generalizada, não dormia”, descreveu.

Ela falou que os remédios para depressão criavam várias dificuldades. Rebeca explicou que Dona Paulinha deixou de reclamar de depressão, mas ficava apática, sem ânimo para se comunicar ou fazer qualquer atividade.

“Foi muito difícil aceitar que existia ali um quadro de algum tipo de demência. Quando as memórias começam a se perder é difícil para toda a família, e quando a gente percebe, a doença já estava se instalando há muito tempo”, lamentou.

Mas com o uso do Óleo Esperança, o quadro se modificou rapidamente. Ela voltou a dormir a noite inteira, sorria com mais frequência, voltou a jogar baralho com a família e preencher revistas de palavras cruzadas.

“Quanto ao Alzheimer, a gente sabe que as memórias que ela perdeu não voltam, mas a cognição dela está muito boa, ela tem uns insights e fica muito atenta no que acontece ao redor, consegue lembrar de muita coisa ainda com riqueza de detalhes”, disse Rebeca.

Ela explicou que, além de trazer felicidade com a melhora de sua mãe, a Cannabis ainda pode garantir tranquilidade. “O Óleo Esperança não trouxe melhoras só para a minha, ele trouxe qualidade de vida para a família inteira”.

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que causa a perda das funções cognitivas, como a memória, atenção e linguagem. Com o avanço da doença, outras partes do cérebro podem ser atingidas, o que prejudica a formação de novas memórias e no processo cognitivo.

COMENTÁRIOS